Contato (11) 2774-3370/ Whatsapp (11) 94222-0123

Desvio de Septo e a Septoplastia

O Septo nasal é a estrutura localizada entre as narinas que divide a cavidade interna do nariz em duas metades e funciona como um suporte que mantém a anatomia nasal, tal qual “uma pilastra mestre que mantém a tenda de um circo”. Ele é composto por cartilagem (parte anterior) e osso (parte posterior), bem como é revestido por um tecido mucoso.

O septo é desviado na maioria da população, mas apenas quando o desvio está presente em algumas áreas críticas de passagem do ar pelo nariz, ou ainda, se o grau do desvio é muito grande, ele pode gerar obstrução nasal sintomática, unilateral ou bilateral. Dependendo da localização do desvio, ele também pode estar associado à alteração na anatomia externa do nariz (laterorrinia: “nariz torto”), nesse caso podendo ocorrer ou não alteração na respiração associada.

A cirurgia (septoplastia) é o tratamento indicado para a correção do desvio de septo, caso ele acarrete obstrução da passagem do ar pelo nariz.  Ela é realizada por incisões internas, as quais não deixam cicatrizes externas na pele, e tem como objetivo apenas a correção do desvio de septo obstrutivo, proporcionando a melhora funcional (ou seja, a melhora da respiração nasal), sem alteração da anatomia externa do nariz.

Caso o paciente tenha interesse na alteração estética do nariz (rinoplastia), a associação dos dois procedimentos no mesmo ato cirúrgico é indicada, haja vista a existência de um único trauma cirúrgico, com acesso facilitado, e enxerto septal disponível na sua totalidade, redução de custos, dentre outros benefícios.